top of page

H2

Quem consegue, nos primeiros dois minutos, transformar a plateia heterogênea em uma parede de aplausos pode fazer o que quiser. A batalha ja esta ganha.

- BalletTanz

"O coreógrafo revelação do ano é Bruno Beltrão. O seu trabalho com jovens hip hoppers do Brasil, "H2- 2005", encontrou uma resposta tão amplamente positiva que tem se falado numa "revolução do hip hop", com alguns criticos mantendo que a influência dele é comparável aquela de Forsythe no balé. Isto é talvez um pouco cedo, mas compreensível: a excelência dos dançarinos e a inteligência do coreógrafo cria uma coreografia excitante que nunca está interessada somente com o efeito; que, com calma aparente, penetra o nervo ótico da pessoa tão convincentemente que alguns críticos reivindicam que marca o retorno da dança contemporânea ao movimento, depois de uma rejeição crescente da dança atual, enquanto ainda provendo a grandeza e a totalidade de uma composição inteligente."


Balletanz - The year book 2005

Direção e concepção: 

Bruno Beltrão

Assistente de Direção:  

Gabriela Monnerat

Com:  

Bernardo Stumpf, 

Charles Felix,

Dioze Ribeiro,

Flávio Souza,

Gilson Nascimento,

Hugo Oliveira,

José Dioleno Ribeiro,

Kristiano Gonçalves,

Kleberson Gonçalves,

Leonardo Racco,

Luis Carlos Gadelha,

Luis Claudio Souza

Produção Executiva:  

Mariana Beltrão

Cenógrafo:  

Gualter Pupo

Designer de luz:  

Renato Machado

Animação, Edição de vídeo:  

Liana Brazil, Russ Rive

Exibições:  

Stefan Pfaffe, Marcelo Carvalho

Figurinista:  

Marcelo Tortas

Música:  

Rimsky Korsakov

Nana Vasconcelos

CQMD

Assistentes de produção:  

Danni Camilo, Ana Castro

Produção:  

Grupo de Rua de Niterói

Coprodução:  

Springdance Festival (Utrecht), Hebbel am Ufer (Berlim), Tanzhaus nrw (Düsseldorf), Festival d'Automne à Paris / La Ferme du Buisson (Paris), Wiener Festtwochen, Live Shows-Centre Pompidou, KunstenFESTIVALdesArts.

Apresentação:  Halles de Schaerbeek, KunstenFESTIVALdesArts

bottom of page